segunda-feira, 18 de outubro de 2010

"Um erro inocente"

Um erro inocente
de Dorothy Koomson
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 448
Editor: Porto Editora
Idioma: Português

1ª Páginas do livro

«O primeiro amor pode matar…
Durante a adolescência, Poppy Carlisle e Serena Gorringe foram as únicas testemunhas de um trágico acontecimento. Entre aceso debate público, as duas glamorosas adolescentes viram-se a braços com os tribunais e foram apelidadas pela imprensa de “As Meninas do Gelado”.
Anos mais tarde, tendo seguido percursos de vida muito diferentes, Poppy está decidida a trazer ao de cima a verdade sobre o que realmente sucedeu, enquanto Serena, esposa e mãe de dois filhos, não pretende que ninguém do presente desvende o seu passado. Mas é impossível enterrar alguns segredos – e se o seu for revelado, a vida de ambas voltará a transformar-se num inferno…
Emocionante e enternecedora, esta história fará com que nos perguntemos se alguma vez poderemos conhecer verdadeiramente aqueles que amamos.»

Da autora do best-seller A Filha da Minha Melhor Amiga

Sobre a autora:
Dorothy Koomson escreveu o primeiro romance aos 13 anos. Chamava-se There's A Thin Line Between Love And Hate e foi escrito ao ritmo de um capítulo por noite, que depois circulava entre as colegas de escola, todas as manhãs. «E elas adoravam!», confessa.
Cresceu em Londres e, mais tarde, durante a faculdade, em Leeds. Acabou por regressar a Londres, para fazer um mestrado, e ficou por lá durante alguns anos. Passou por vários empregos temporários, até conseguir a grande oportunidade no mundo da escrita, colaborando com várias publicações femininas e jornais nacionais.
Contar histórias e escrever ficção constituem uma enorme paixão na vida de Dorothy Koomson, pelo que foi aproveitando cada segundo que tem para trabalhar em contos e romances. Em 2001 teve a ideia que inspirou O Amor está no Ar, e, com ele, começou uma carreira de romancista, que, segundo a própria, «tem sido espectacular!». Em 2006, publicou o terceiro romance, A Filha da Minha Melhor Amiga – que registou um enorme sucesso, vendendo quase 90 mil exemplares no Reino Unido, só nas primeiras semanas. Cerca de um mês depois, o livro foi seleccionado para o Richard & Judy Summer Reads Book Club e as vendas aumentaram para mais de meio milhão de livros.
Dorothy viveu dois anos em Sidney, na Austrália, e agora está de volta a Inglaterra, embora não saiba dizer por quanto tempo – diz-se «mordida pelo bichinho das viagens…».


Outros livros da Autora:








Jantar com Dorothy Koomson em Portugal
video

Opinião:
O ultimo livro da autora "O Amor, esta no ar" não me tinha preenchido as medidas, talvez porque, já estava habituada a lindas histórias que me preencheram totalmente.
Mas este novo livro "Um erro inocente" foi uma leitura magnifica, uma historia muito interessante, que nos faz pensar bastante na vida dos adolescentes, nas suas aventuras, fraquezas... que muitas vezes nem nos apercebemos.


Serena e Poppy duas adolescentes, tímidas, sem muitos amigos... caiam na armadilha de Marcus, um professor de história, divorciado e com um filho. Este em alturas separadas e sem uma ter conhecimento da outra, acaba por as conquistar e ganhar a sua confiança. Torna-se amante de ambas e mantém ambas as relações, mesmo após Serena e Poppy terem conhecimento da existência uma da outra na vida de Marcus. Com medo dele, acabam por fazer as coisas mais horríveis que ele lhes manda, ordena e exige. Até que um dia, cansadas de serem humilhadas, chantageadas, espancadas... ganham coragem e resolvem terminar com a relação, encontram-se ambas, por coincidência, no apartamento de Marcus e ambas com o mesmo objectivo. Mas os confrontos são inevitáveis e o pior acaba por acontecer.


Poppy é condenada a vinte anos de prisão por um crime que sabe que não cometeu. Quando sai da prisão, resolve procurar Serena, investiga o dia-a-dia desta, a sua família... até que marca um encontro e exige que Serena, confesse o crime, para ao menos limpar o seu nome daquele horrível homicídio.
Serena uma mulher apaixonada pelo seu marido, com dois filhos lindos. Nunca contou a verdade sobre o passado ao marido. E vive atormentada com a ideia que este descubra e a sua vida vá por agua a baixo. Quando é confrontada por Poppy para que assuma o crime, Serena não pode confessar o crime, e não entende como é que Poppy lhe pede uma coisa dessas, porque na verdade Serena não cometeu esse crime.
Conclusão, qual das duas realmente cometeu o crime?
Uma historia emocionante, adorei imenso.

Leitura terminada a 15/10/2010
Classificação: 6/7 Excelente

2 comentários:

  1. Já li desta autora "A filha da minha melhor amiga" e #Bons sonhos meu amor". Gostei dos dois. Vou saltar "o amor está no ar" e ler este que comentas aqui. Parece-me interessante!
    Vai espreitar o meu blog:
    http://otempoentreosmeuslivros.blogspot.com
    Boas leituras!

    ResponderEliminar
  2. li outro dela e não gostei... esse parece ser bom!

    ResponderEliminar