segunda-feira, 26 de abril de 2010

"Um Companheiro Inesquecível"

Um Companheiro Inesquecível
Uma História de Amor
de Susanna Tamaro
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 84
Editor: Editorial Presença
Colecção: Grandes Narrativas

Sinopse
Amada por leitores de todo o mundo, Susanna Tamaro apresenta-nos uma história inspirada e de extrema sensibilidade sobre Anselma, uma professora reformada, que vive triste e sozinha depois da morte do marido e dos filhos terem crescido e optarem por um rumo diferente do seu. Ainda mais solitária se sente depois da perda por doença da sua amiga de infância, Luisita. Porém, um dia, verá o seu quotidiano transformar-se por completo ao encontrar um magnífico papagaio amazónico abandonado no caixote do lixo. Sem hesitar, decide levá-lo para casa. Dá-lhe o nome de Luisito e projecta todo o seu afecto nele, curando a sua asa ferida, alimentando-o e ensinando-o a falar. A relação entre os dois torna-se inquebrável sendo o papagaio responsável pela recuperação da dona e ajudando-a a libertar o seu coração gelado. Mas alguém deseja pôr fim à coexistência entre os dois e Anselma terá de lutar com todas as suas forças para que tal não aconteça. Uma fábula moderna para públicos de várias idades.

Críticas de imprensa
"Um dos romances italianos mais esperados de 2008, conta uma história de amor enternecedora, através da qual a autora do bestseller internacional Vai Aonde Te Leva o Coração transmite uma mensagem de esperança: apenas os sentimentos intensos e correspondidos, ainda que com um animal (neste caso o papagaio Luisito), podem dar alegria a uma existência vazia, melancólica, apagando o gelo no coração."
Spettacoli Nazionali

«Um pequeno romance sobre a força dos sentimentos»
Rizzoli

«A protagonista recorda o seu difícil casamento e substitui-o pela sua relação com Luisito».
Corriere Della Sera

Autora
Escritora italiana, nasceu a 12 de Dezembro de 1957, na cidade de Trieste, no Nordeste do país, oriunda de uma família aparentada com o célebre escritor Italo Svevo.
Cresceu escutando as histórias que o avô lhe contava sobre as duas terríveis guerras mundiais que devastaram a região.

Obras da autora:
O Menino Que Não Gostava de Ler
Um Lugar Mágico
Escuta a Minha Voz
O Fogo e o Vento
O Cavaleiro Lua Cheia
A Grande Árvore
Vai Aonde Te Leva o Coração
Para uma Voz Só
Tobias e o Anjo
Um Companheiro Inesquecível
Cada Palavra é uma Semente
Um País para lá do Azul do Céu
Responde-me
A Alma do Mundo
Querida Mathilda
Regresso a Casa
Com a Cabeça nas Nuvens

Resumo
Anselma a protagonista desta história vai à rua para colocar no contentor um saco de lixo, quando estava perto do contentor ouviu um pequeno barulho, aproximou-se com cuidado, pois algo se mexia. Podia ser uma ratazana, um recém-nascido e aproximou-se mais um pouco... Mas, não era uma ratazana nem um recém nascido era sim um papagaio!


Levou o papagaio para sua casa, tratou dos seus ferimentos, alimentou-o e assim iniciou uma profunda e sincera amizade. Baptizou o papagaio de Luisito, em homenagem a sua melhor amiga. O sentimento de alegria que há muito a havia abandonado Anselma, reapareceu de novo! De um dia para o outro, deu consigo sempre animada, bem disposta pois tinha alguém em casa à sua espera.
Vivia sozinha desde a morte do seu marido, os filhos cada um na sua vida, pouco ou nenhuma companhia lhe faziam. Vivia com as recordações da sua juventude, da sua amiga Luisita, dos seus tempos de professora... Com o Luisito em casa o seu dia-a-dia ganhou uma nova luz.
Mas, infelizmente a felicidade de alguns incomoda muito gente, principalmente os maus vizinhos e num lindo dia, Anselma encontra na caixa do correio um bilhete anónimo e ameaçador. O futuro dela e do Luisito fica comprometido e algo terrível vai acontecer.

“Um companheiro Inesquecível” de Susanna Tamaro é uma obra, que procura realçar o profundo afecto entre um ser humano e um animal!

Leitura terminada a 27/04/2010
Classificação: 4/7 Bom

sexta-feira, 23 de abril de 2010

quinta-feira, 22 de abril de 2010

"Espero por ti este Inverno"

Espero por ti este Inverno
de Luanne Rice
Bestseller do New York Times – 25 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 356
Editor: Quinta Essência

Sinopse
Com o seu incomparável dom para descrever as alegrias e os desafios do amor e da família, Luanne Rice leva agora os leitores numa viagem emocional pelo território inexplorado entre mães e filhas e pais e filhos. Um romance cativante que vai ao passado para encontrar a chave para um futuro sem limites.
Neve Halloran e a filha partilham o amor pela beleza austera de Rhode Island desde que Neve ajudou Mickey a dar os primeiros passos na costa arenosa. Agora, com Mickey já na adolescência e tendo Neve perdido a esperança de ser feliz com o ex-marido, ambas vão lutar por uma nova vida no meio da paisagem ventosa que as sustém.
Apaixonada pela reserva natural da zona, Mickey avança em direcção à vida adulta na companhia de um rapaz solitário que partilha o seu amor pelos animais. E Neve irá sentir-se atraída por um homem que dedicou a vida a essa reserva, mas que é incapaz de partilhar a dor de uma perda recente.

Lírico, luminoso, absolutamente cativante, Espero por ti este Inverno é um livro marcante que explora de forma comovente os laços que nos moldam e, simultaneamente, nos libertam.

Imprensa
«A magia do amor narrada com a sensibilidade e o realismo que caracterizam Luanne Rice.» Publishers Weekly
«Uma história inesquecível sobre o amor, a perda e a redenção.» Booklist
«Rice é uma excepcional contadora de histórias.» Romantic Times
«Uma bela combinação de amor e humor, com um pequeno toque de magia.» The Denver Post
«Luanne Rice é uma autora envolvente, adorada pelos leitores.» Daily News

Autora
Luanne Rice desde cedo revelou talento para a escrita, tendo publicado o primeiro poema aos 11 anos e a primeira história aos 15. Depois de uma passagem pela Universidade do Connecticut, teve vários trabalhos até se dedicar em exclusivo à escrita.

Excerto
"Tudo tinha a ver com o perdão. As pessoas cometiam erros, seguiam caminhos errados, tomavam decisões péssimas. Mas, enquanto houvesse amor e esperança, poderiam falar sobre os problemas, ver tudo sob uma nova luz, perdoarem-se umas às outras."
Pág.310

Opinião
Os meus últimos serões tiveram a companhia agradável da Neve, o Tim, o Joe, a Micke, o Shane e os bufos - brancos. Deitada na caminha devorei as páginas e pela terceira vez a autora não me desiludi-o.
Um livro que retrata na perfeição a natureza, o mar, a paz, a vida animal...
Ficamos a conhecer o mocho bufo-branco e a sua luta para sobreviver depois de ser gravemente ferido. Temos histórias de guerra, traumas pós guerra as lutas das famílias pela sua sobrevivência sem os seus ídolos.
Conhecemos em especial o Submarino Alemão e desejamos também que tudo se mantenha como está... no fundo do mar, onde 52 pessoas perderam a vida.
Histórias de amor entre mães e filhos, filhos e pais. Histórias de dor, pela perda de um Filho e pela perda de um Pai. Encontramos também os problemas do álcool
Um livro recheado de encantos, sentimentos, harmonia, luz...

Curiosidade sobre o Bufo-branco


Características: Mocho grande, branco ou predominantemente branco. Ave de rapina diurna, de cabeça grande e pescoço curto. A cabeça pode ser virada até 270º; e possui discos faciais que conduzem o som até às grandes aberturas nos ouvidos. O bico é preto e em forma de gancho; as patas são brancas emplumadas. A fêmea é maior que o macho; Cor: muito malhada de preto na parte superior e listada de preto na parte inferior; o macho tem a plumagem branca levemente sarapintada de preto; Comprimento: 53-66 cm; Peso: 1,5-3 Kg: a fêmea é mais pesada que o macho; Tempo de vida: até 9 anos.

Leitura terminada a 21/04/2010
Classificação: 5/7 Muito Bom

segunda-feira, 19 de abril de 2010

"A Força dos Afectos"

A Força dos Afectos
de Torey Hayden
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 376
Editor: Editorial Presença
Colecção: Grandes Narrativas

Sinopse:
Torey Hayden dispensa apresentações. Depois de ter publicado cinco livros em Portugal, os leitores ficaram a conhecer a professora que trabalha com casos especiais, sobretudo com crianças e que tem o dom de partilhar essa experiência através da escrita. Uma talentosa criadora e gestora de afectos, Hayden descreve dramaticamente as dificuldades e alegrias ao trabalhar com um pequeno grupo de crianças emocionalmente fragilizadas. Neste livro, porém, a protagonista é a mãe de uma criança, Ladbrook, uma senhora muito bonita, sedutora e elegante, mas com problemas com o álcool. Ela só quer ser mais uma paciente sob a guarda de Hayden que tem a seu cargo, desde o início do ano lectivo crianças com graves distúrbios emocionais. Desta vez o grupo é constituído por três crianças da Irlanda do Norte, profundamente traumatizadas pela guerra; Dirkie, um menino de onze anos que nunca vivera fora de um lar; Mariana, uma menina de oito anos muito susceptível, agressiva e sexualmente precoce, e Leslie uma menina de sete anos que não fala e não reage ao que a rodeia. Mais um livro comovente onde a força dos afectos se evidencia.

Críticas de imprensa:
«A Força dos Afectos é um daqueles livros que nos deixa indignados, e que é impossível deixar a meio... Hayden tem o dom de nos fazer perceber que estes seres humanos, apesar das suas características singulares, são como nós... Este é um livro sobre coragem...»
Washington Post Book World

«Outro grande livro de Hayden… Um exemplo precioso para pais de crianças com distúrbios emocionais e para todos os educadores.»
Kirkus Reviews

«A Força dos Afectos é uma bela ilustração do carinho que Hayden sente, não apenas por algumas crianças emocionalmente perturbadas, mas também por uma mulher que enfrenta uma batalha pessoal.»
South Bend Tribune

«Esta magnífica memória de uma professora lembra-nos que o amor pode assumir diversas formas.»
New York Times

Sobre a autora:
Torey Hayden nasceu em 1951 em Livingston, Montana, nos Estados Unidos. Apesar de ter uma formação académica diversificada, dedicou grande parte da sua vida ao ensino especial e à escrita.
Os seus livros, inspirados nas crianças e adultos que conheceu no decurso da sua actividade profissional, são bestsellers traduzidos para cerca de 30 línguas.

Nesta colecção poderá encontrar os títulos
"A Criança Que não Queria Falar"
"A Menina Que Nunca Chorava"
"Os Filhos do Afecto"
"Uma Criança em Perigo"
"Filhos do Abandono"
"A Força dos Afectos"
"A Prisão do Silêncio"
"A Luz de Um Novo Dia"

Mutismo Selectivo
"O mutismo selectivo consiste na incapacidade da criança em falar e se comunicar verbalmente em determinadas situações e que acaba por interferir em seu funcionamento académico e social. São crianças que apresentam sintomas de ansiedade na presença de pessoas de fora de seu círculo de confiança. São capazes de conversar normalmente com pais ou professores, entretanto na presença de visitas ou de novos colegas e pessoas desconhecidas, por exemplo, tornam-se mudos, incapazes de responder a perguntas propostas. Algumas crianças com mutismo selectivo podem se comunicar nessas situações fazendo-se da utilização de gestos, movimento da cabeça ou sussurrando no ouvido de sua mãe que serviria como interlocutor."
Dr. Gustavo Teixeira

Opinião:
A Força dos Afectos é mais um livro extraordinário de Torey Hayden, a autora dos bestsellers "A Criança Que não Queria Falar" e "A Menina Que Nunca Chorava".
Este é o quarto livro que leio desta autora e tal como os outros é uma autêntica tempestade de emoções.
Um livro maravilhoso que nos faz sentir frágil como ser humano e que mexe com a nossa consciência.
Leitura terminada a 12/04/2010
Classificação:
5/7 Muito Bom

sexta-feira, 16 de abril de 2010

"Mãe e Filha"

Mãe e Filha
de Marianne Fredriksson
Edição/reimpressão: 2005
Páginas: 244
Editor: Editorial Presença
Colecção: Grandes Narrativas

Sinopse:
Com este novo título, Marianne Fredriksson explora o universo feminino e os laços que unem (e outras vezes afastam) mães e filhas. Katarina é uma mulher jovem e independente, que adora sentir-se apaixonada e que, de repente, descobre que está grávida. Ao decidir partilhar com o seu companheiro este momento de enorme felicidade, ele tem uma reacção totalmente inesperada e violente a Katarina vai parar a uma cama de hospital. E é lá que se confronta com o seu passado, que sempre a angustiou e que agora lhe vem à memória com a lembrança do seu próprio pai, um homem duro e igualmente violento que batia na sua mãe. Porém, este encontro doloroso conduzi-la-á a uma nova etapa da vida e fará com que a sua relação com a mãe se torne cada vez mais próxima e cúmplice. Juntas vivem experiências e sentimentos, e descobrem que o amor que sentem uma pela outra é tão forte a ponto de conseguir transformar as feridas do passado em meras lembranças que não mais as perturbarão. "Mãe e Filha" é um livro que explora as relações humanas e a maneira como estas moldam a personalidade de cada um e é, acima de tudo, uma história envolvente e inesquecível.

Autora:
Marianne Fredriksson nasceu em 1927, na Suécia. Foi uma escritora e jornalista muito popular na Suécia. Escreveu onze romances e é conhecida em todo o mundo. Já venceu diversos prémios.

Opinião:
Um bom livro para filhas com relações menos boas com as suas mães.
Uma leitura que permite que, Mãe e filha possam realmente perceber o que as une, o único e verdadeiro amor, compreensão e amizade entre as duas.
Um romance tocante e com muita elegância sobre o tempo, a memória, o amor, a distância e as feridas por eles feitas e ocultadas durante uma vida inteira.

Leitura terminada a 07/04/2010
Classificação: 4/7 Bom

quarta-feira, 7 de abril de 2010

"Começar de Novo"

Começar de Novo
de Andrew Mark
Edição/reimpressão: 2003
Páginas: 208
Editor: Editorial Presença
Colecção: Grandes Narrativas

Sinopse:
«(…) não podia negar que o beijo dela dera vida ao seu corpo e transformara a sua dor em algo que ele controlava, em vez de um nó corredio em torno do pescoço. A tragédia aproximara-os. Mas também os manteria afastados.»

Conta a história de um brilhante professor de física que, apesar de comandar a vida através de explicações racionais – sabe como os aviões voam, como funcionam as leis que regem o universo - não consegue enfrentar o desespero provocado pela trágica morte da sua mulher e os seus dois filhos. Incapaz de lidar com o sentimento de perda, Jackson inicia uma viagem até Maine, onde conhece uma sobrevivente como ele.

Autor:
Andrew Mark cresceu na Europa e na Ásia, estudou Antropologia na Faculdade de Connecticut e fez um mestrado em Belas-Artes na Universidade da Colúmbia. Escreveu para revistas como a New York, Entertainment Weekly e Omni. Actualmente vive no Maine com a mulher, Kelli Pryor, também escritora.

Excerto:
"Era assim mesmo. Sofrer era um processo tão misterioso como apaixonar-se. Algures, bem no interior do cérebro, o sofrimento e o amor estavam casados e enrolados sinuosamente em torno um do outro. Não havia uma componente de sofrimento em amar alguém? Implícito no contrato emocional entre duas pessoas estava o facto de um dia terminar - um choraria pelo outro." Pág. 119

Opinião:
Este livro conta a história de Jackson um professor de física, que sentindo-se perseguido pelas memórias, recordações, lembranças de momentos muito felizes, e com receio de cometer uma loucura, parte em viagem na sua carrinha "velhinha" sem rumo.

Quando chega à cidade de Rockpoint a sua carrinha prega-lhe uma partida e resolve avariar. Na consequência desta avaria, Jackson conhece Livy, a dona da estalagem onde ele fica alojado, uma mulher que o fascina desde o inicio e que vive uma dor muito idêntica à sua.

Cada capitulo deste livro, inicia com um ensinamento de um Cientista. Deixando desta forma uma marca no inicio de cada capitulo e ao logo de toda a narrativa. Que nos leva a concluir que a nossa mente é governada pela ciência. É sem dúvida um romance, mas acima de tudo é um livro que nos faz pensar e reflectir. É um livro melancólico e por vezes depressivo, mas é um livro que nos ensina que apesar de não haver substituição para a perda humana, pode voltar a existir vida depois de um grande trauma, se permitirmos que a vida continue e se não nos afastarmos de tudo e de todos.

Leitura terminada a 04/04/2010

Classificação: 4/7 Bom

segunda-feira, 5 de abril de 2010

"Uma Palavra Tua"

Uma Palavra Tua
de Elvira Lindo
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 192
Editor: Editorial Presença

Sinopse:
Galardoado com o Prémio Biblioteca Breve 2005, Uma Palavra Tua traz-nos as histórias de vida de Rosário e Milagros, duas mulheres desajustadas, dois percursos existenciais que se cruzam nas ilusões e realidades que dão forma ao medo de não merecerem ser felizes. Uma amizade feita de encontros e desencontros, de solidariedade e de influências mútuas entre duas varredoras de rua madrilenas, duas pessoas comuns, com vidas comuns que escondem uma natureza indominável, grandiosa. Um romance arrebatador, irónico, que adquire a profundidade da nobreza humana de uma tragédia antiga no mundo contemporâneo.

Páginas do Livro

Autora:
Elvira Lindo, nasceu em Cádiz a 23 de Janeiro de 1962 é uma escritora e actriz espanhola. Foi para Madrid com 12 anos e estudou jornalismo na Universidade Complutense de Madrid, em seguida, trabalhou para a Rádio Nacional de Espanha e várias publicações. Mora em Nova Iorque com seu filho e seu marido, o escritor e académico António Muñoz Molina.

Excerto:
“Deveríamos ver as pessoas quando elas acham que não estamos a olhar para elas.
Eu olho de modo demasiado violento, olho de uma maneira que fere, que provoca mal-estar nos outros, tensão, olho sem poder evitar o constante juízo de valor. Não sei se nasci assim ou se me transformaram. Mas quem sou eu para olhar desta maneira?”
Pág. 187

Opinião:
Adquire este livro por impulso, sem ler o sinopse, sem conhecer a autora, nada. Iniciei a leitura sem perspectivas de nada, saiba apenas que a história centrava-se em duas varredoras de ruas e isso fez-me prender logo à leitura. Pois é uma profissão que eu já admirava e respeitava, mas com esta leitura passei a respeitar muito mais. Porque, temos a noção verdadeira de como é o dia-a-dia destas pessoas.

Este livro não é propriamente para ler e devorar. É para ir lendo, reflectindo, pensando... E na verdade foi assim a minha leitura, parava várias vezes, recuava e voltava a saborear as mesmas palavras, pensava, reflectia, interiorizava e talvez por todos estes pormenores tenha sido uma leitura marcante.

O livro é um relato de emoções, pensamentos, vivências, experiências boas e más. Rosário e Milagros duas mulheres que se encontram na escola, voltam a encontra-se na adolescência e actualmente trabalham juntas. Saltamos do presente ao passado e do passado para o presente o que nos permite entender e compreender estas duas mulheres as suas maneiras de ser de viver, os seus sentimentos.

Enfim... Concluímos que muitas vezes conhecemos uma determinada pessoa e em determinado momento condenamos a sua atitude e a maneira de agir perante uma situação, mas não conhecemos o seu passado. Porque se o conhecêssemos de certeza que já não condenávamos essa mesma atitude. Esta é uma das grandes lições que tiro deste livro.

Trailer do Filme (Em Espanha)

video

Leitura terminada a 02/04/2010
Classificação: 6/7 Excelente

quinta-feira, 1 de abril de 2010

1º Aniversário


Hoje no Chuva de Livros é dia de festa e alegria, dia de refazer pensamentos e ideias, fazer um novo balanço dos objectivos de leitura e traçar novas metas para a realização das leituras.

Mas, o Chuva de Livros não se esquece de manter vivo em seu coração as amizades sinceras que aqui encontrou... para todos um muito obrigado, porque sem a vossa presença provavelmente o CHUVA DE LIVROS hoje não festejava o seu 1º aniversário.