quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"A Sombra do Vento"

“Um livro sobre outro livro, cheio de cenas fantásticas e maravilhosas. Logo que se começa a ler não se pode largar” Joschka Fisher
A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafón
Edição/reimpressão:
2004
Páginas: 507
Editor:
Dom Quixote

Sinopse

Numa manhã de 1945 um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso, oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura da cidade.

Juntando as técnicas do relato de intriga e suspense, o romance histórico e a comédia de costumes, "A Sombra do Vento" é sobretudo uma trágica história de amor cujo eco se projecta at
ravés do tempo. Com uma grande força narrativa, o autor entrelaça tramas e enigmas ao modo de bonecas russas num inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros, numa intriga que se mantém até à última página.

Autor

Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona em 1964. Com a sua primeira obra, "El Príncipe de la Niebla", obteve o Prémio Edebé em 1993. Desde então publicou quatro romances e converteu-se numa das revelações literárias dos últimos tempos. Com "A Sombra do Vento", finalista do Prémio de Romance Fernando Lara 2001 e do Prémio Llibreter 2002, eleito Melhor Livro de 2002 pelos leitores de La Vanguardia, e publicado em mais de 20 línguas, está a obter um dos maiores êxitos internacionais da literatura espanhola. Actualmente, Carlos Ruiz Zafón reside em Los Angeles.

Excertos:

“- Pois bem, esta é uma história de livros.

- De livros malditos, do homem que os escreveu, de uma personagem que se escapou das páginas de um romance para o queimar, de uma traição e de uma amizade perdida. É uma história de amor, de ódio e dos sonhos que vivem na sombra do vento”
Pag.192

“O tempo passa tanto mais depressa quanto mais vazio está. As vidas sem significado passam de largo como comboios que não param na nossa estação.” Pag.447

“Bea diz que a arte de ler está a morrer muito lentamente, que é um ritual íntimo, que um livro é um espelho e que só podemos encontrar nele o que já temos dentro, que ao ler aplicamos a mente e a alma, e que estes são bens cada dia mais escassos” Pag.504

Opinião

Mal acabei de ler este livro, classifiquei-o como um dos meus livros favoritos, fazia tempo que não lia uma historia que me emocionasse e prendesse tanto...

A Sombra do Vento usa o cenário de Barcelona, com suas largas avenidas, seus casarões abandonados, sua atmosfera gótica, para ambientar um romance que é também uma reflexão sobre o poder da cultura e a tragédia do esquecimento.


A busca de Daniel marca a sua transformação de menino em homem, e desperta nos leitores um fascínio renovado pelos livros e pelo poder que eles podem exercer. Ao ler A Sombra do Vento, o desejo que se tem é de, assim como o menino Daniel, abrir as portas do Cemitério dos Livros Esquecidos e descobrir em seus infindáveis corredores o livro que mudará nossas vidas.

Dei por mim a ler mais depressa, quando havia uma cena mais intensa, e a ler mais devagar, quando descrevia momentos passados, importantes para o deslindar da história, ou momentos mais emotivos.


Simplesmente Fantástico, Extraordinário, Adorei… Para quem aprecia a leitura de “suspense”, uma excelente leitura.
Leitura terminada a 11/08/2009

14 comentários:

  1. Olá olá
    A "Sombra do Vento" é também um dos meus livros favoritos. é uma delicia ler livros deste autor.
    Já li também "O jogo do anjo" que é fantástico.
    boas leituras
    pat

    ResponderEliminar
  2. Já me falaram muito bem desse livro e lendo sua resenha me animei ainda mais para lê-lo!!!

    Está na listinha!

    ResponderEliminar
  3. :) Olá!
    A escrita do autor capta a nossa atenção de uma maneira assustadora, não é?
    A história é meio sombria mas mesmo assim fica-se sempre com vontade de ler mais e mais ;)
    Tens de ler "O Jogo do Anjo", é muito bom!
    Bjt

    ResponderEliminar
  4. Esse está na minha lista. Quero muito ler!

    ResponderEliminar
  5. Olá!
    Depois desta opinião fiquei com uma vontade louca de ler este livro. Parece ser óptimo...

    Bjokinha**

    ResponderEliminar
  6. Nunca tinha ouvido falar,mas esse tipo de livro me interessa,poder ter certeza de que ele acaba de entrar na minha longa lista de livros para ler.
    Bem,talvez ele fure file né?
    Bjoo,seu blog tá demais!

    ResponderEliminar
  7. Sim é sem dúvida um livro fora de série! Dos melhores que li no últimos tempos.

    ResponderEliminar
  8. Olá!

    Vai até ao meu blog...tenho uma surpresa para ti!

    Beijocas!!!

    ResponderEliminar
  9. Nossa, essa foi a resenha mais emocionada sobre esse livro que já li. Agora deu vontade de ler também!

    beijos!

    ResponderEliminar
  10. Estou ansiosa por ler este livro. Obrigada pela opinião. ;) Bj

    ResponderEliminar
  11. Olá
    A todos os que ainda não leram este livro, recomendo sem duvida. É maravilhoso.

    Olá Ana
    Obrigada pelo selinho, Adorei.

    Olá Betita, Pat e Marco
    Somos todos da mesma opinião, certo? é um livro a recordar sempre.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. É magnifico, não é? Também gostei muito e gostei tanto que vou ler o "Jogo do Anjo" do mesmo autor, mal acabe o que estou a ler agora. Beijinhos. Maria João

    ResponderEliminar
  13. estou a ler agora e estou a adorar mesmo!!

    ResponderEliminar
  14. Também gostei imenso desta história. O autor envolve completamente o leitor com a sua escrita.
    Não li ainda "O Jogo do Anjo", porque penso que não me irá preencher tanto como o primeiro.

    ResponderEliminar